Homem é preso por agredir a ex com taco de beisebol por causa de divisão de bens em Goiás

Agressão teria sido motivada por um apartamento que o ex-casal tem num condomínio de Anápolis. Segundo delegado, homem foi detido por violência doméstica e ameaça. As informações são do G1.

Um homem de 43 anos foi preso suspeito de agredir a ex-mulher com um taco de beisebol, com pancadas na cabeça e no corpo, no estacionamento do prédio onde ela mora, em Anápolis, Goiás. Além da agressão, segundo a Polícia Civil, ele ameaçou a vítima de morte.

A Polícia Civil não informou, até as 16h40 deste domingo (16), se o suspeito apresentou advogado de defesa. Portanto, o G1 não localizou a defesa para se manifestar sobre a prisão e a agressão.

A agressão aconteceu na última quarta-feira (12). O delegado que preencheu o boletim de ocorrência, Leonardo Sanches, disse que o homem ficou em silêncio durante o depoimento.

A vítima, de 39 anos, alegou à policia que a agressão foi motivada depois de um desentendimento em razão de partilha de bens após o divórcio. A investigação do caso continua.

Disputa por bens imóveis
O imóvel em discussão é justamente o que a mulher reside, no Setor Sul do município. Segundo o depoimento dela à polícia, o homem entrou no residencial porque também possui controle de acesso.

O ex-casal discutiu, e ele agrediu a mulher com um taco de beisebol que estava na caminhonete dele, segundo o que consta no relato policial. Depois da agressão, a ocorrência diz que o suspeito fugiu do local e deixou a mulher machucada no estacionamento, que acabou sendo socorrida por moradores.

A Polícia Militar prendeu o homem no momento em que chegava no apartamento onde reside atualmente. Os militares procuraram o taco de beisebol na caminhonete e no imóvel, mas não o encontraram. Ele recebeu voz de prisão por violência doméstica e ameaça.

Fonte :

Comentários

0 comentários