Jovem envolvida no caso do jogador Daniel é presa com drogas

Evellyn Brisolla Perusso estava na festa de Allana Brites e segundo depoimentos foi  responsável por preparar o strogonoff no dia do crime

A Polícia Militar prendeu na região do bairro Fazendinha, em Curitiba, uma jovem de 20 anos, que estava com três quilos de maconha na bolsa. A mulher é Evellyn Brisolla Perusso, que possui participação no caso do jogador Daniel Correa, que foi morto no dia 27 de outubro de 2018, após a festa de aniversário de Allana Brittes.

Na ocorrência desta quinta-feira, a jovem foi abordada por membros da RONE (Rondas Ostensivas de Natureza Especial) após apresentar um comportamento apreensivo com a aproximação da viatura. Evellyn largou uma bolsa no chão e durante a revista foi localizado tabletes de maconha que totalizaram três quilos.

Ao ser questionada sobre a origem da droga, Evellyn explicou que estava apenas fazendo o serviço de entregas, pois estaria passando por necessidade financeiras. Porém, após passar aos militares os endereços de coleta e entrega dos entorpecentes, ninguém foi localizado. Prisão pode gerar consequências no processo do caso Daniel. Evellyn Brisolla chegou a se tornar réu do processo que envolve a morte do jogador Daniel, porém, não foi denunciada pela Polícia Civil. De acordo com alegações do Ministério Público do Paraná, a sugestão era que a jovem respondesse apenas por fraude processual.

Na última atualização do processo, Evellyn foi absolvida pelos crimes de corrupção de adolescente, denunciação caluniosa e falso testemunho. Entretanto, em troca da suspensão do processo a jovem teria que realizar serviços comunitários, que ainda não havia começado. Agora com o novo crime de tráfico de drogas, o processo pode ser reaberto.

Fonte :

Comentários

0 comentários