7 dicas rápidas para otimizar a limpeza de casa

Tempo, paciência e dedicação: uma das tarefas mais desgastantes da vida adulta é a limpeza de casa e, se você não conta com uma pessoa para te ajudar, vai precisar desses 3 elementos para se lançar na faxina.

Móveis empoeirados, louça acumulada na pia, banheiro que precisa daquela limpeza potente, desespero na hora de receber uma visita… na realidade da rotina, esse é muitas vezes o (duro) cenário que temos que encarar. Mas será que não dá para facilitar a vida e deixar tudo muito mais simples?

Em outras palavras, será que dá para não “desperdiçar” um sábado ou domingo inteiros limpando a casa?  

A resposta é um feliz “sim”! Para te ajudar, compilamos 7 dicas  para otimizar a limpeza de casa e deixar tudo mais rápido e eficiente. Confira!

7 passos para otimizar a limpeza de casa e ganhar tempo

1. Invista na manutenção diária

Você pode não acreditar, mas fazer um pouco todo dia é a capaz de fazer maravilhas pela limpeza de casa. E pode ficar calmo: aqui, não estamos falando de uma faxina pesada diária (algo que é simplesmente impossível considerando todos os compromissos), mas sim de não deixar a sujeira acumular.

Na prática, isso inclui atitudes como:

  • lavar a louça logo depois das refeições (ou enquanto está cozinhando, o que facilita bastante);
  • varrer ou passar um pano naquele cômodo que está mais sujo;
  • dar uma geral rápida no micro-ondas;
  • limpar a geladeira e os puxadores dos armários da cozinha;
  • arrumar a cama (embora muita gente não ache esse cuidado necessário, o fato é que ele colabora para deixar a roupa de cama limpa por muito mais tempo!);
  • realizar toda tarefa pequena que pode ser facilmente resolvida no dia a dia.

Outra a coisa a se ter em mente é não deixar pequenos problemas para depois. A pasta de dente caiu e formou uma crosta na pia? Os produtos do banho mancharam o box ou ficou shampoo no azulejo? Resolva o problema imediatamente. Na hora, você vai gastar apenas alguns minutos ou segundos – por outro lado, se for deixando essas pequenas sujeiras acumularem, tudo vai se tornar muito mais cansativo e trabalhoso.

2. “Destralhe” sua casa sempre que possível

Caixas e sacolas de delivery, notas fiscais de produtos comprados, papéis que você não usa mais e estão em cima da mesa, embalagens velhas, itens com a validade vencida… uma das tendências da vida cotidiana é justamente ir deixando o lixo (e a bagunça) acumular.

A dica, assim, é já ir juntando e descartando todos esses resquícios no dia a dia – separando os itens para a reciclagem sempre que possível. Vale lembrar que o cuidado vale para produtos de higiene e beleza (que acabaram ou estão vencidos), itens de cozinha, material de escritório e, é claro, o lixo doméstico convencional.

3. Defina uma estratégia para a faxina

<img class="lazyload" src="data:;base64,” alt=”” data-src=”https://lh3.googleusercontent.com/XPzaqtrjtQv5WJrVVOeqfsA79Kz0XM_1igJrRwMRVvTjoduniJzbLPFpXTDz_0SzYaptt1dcR6ku32_EHVxUTg9AytGSEQxRs2NZXmoOFIIeWebqJa3m3PsEBSRl-kp0TkpfLJ9p” data-pagespeed-url-hash=”1009347155″ data-pagespeed-onload=”pagespeed.CriticalImages.checkImageForCriticality(this);” />

A dinâmica da limpeza de casa é muito subjetiva, variando de acordo com a  preferência de cada um. O mais importante, nessa etapa, é definir uma estratégia para a faxina, de modo que você possa se programar ao longo da semana.

Se você prefere reservar um dia da semana para fazer todo o trabalho, tudo bem! Para quem tem pouco tempo e precisa conciliar as tarefas domésticas com uma rotina corrida, porém, uma dica eficiente é dividir a faxina por dias. 

Dessa forma, você consegue se concentrar na limpeza de um único cômodo com mais afinco, sem correr o risco de desanimar ou ficar cansado demais quando tiver limpado todos os locais da casa pela metade. Esse sistema também permite encaixar as tarefas de acordo com a sua disponibilidade.

Um exemplo desse planejamento é lavar as roupas aos domingos (vale a pena considerar também os serviços das lavanderias online, com ótimo custo-benefício), limpar a sala e tirar o pó dos objetos na segunda, arrumar os quartos na terça, se dedicar à cozinha na quarta, fazer a limpeza mais pesada do banheiro na quinta e por aí vai.

Claro que você pode ir intercalando os dias, de forma a não ficar sobrecarregado. Com a organização e as pequenas limpezas de todos os dias (como já falamos nos tópicos acima), a tendência é que tudo fique mais rápido e fácil.

4. Se possível, invista em um aspirador de pó

Considere – mesmo – investir em um bom aspirador de pó, principalmente se tiver uma grana extra. Embora represente um gasto em um primeiro momento, o eletrodoméstico é uma verdadeira mão na roda para otimizar a limpeza de casa. 

Aspirar o chão antes de passar um pano com desinfetante agiliza e ajuda a retirar a poeira e os ácaros mesmo dos cantos mais difíceis. Além disso, o objeto é um grande aliado para quem tem pet (deixando a casa livre de pelos) e para a limpeza de tecidos e estofados, como sofá e tapetes.

Se você tem problemas respiratórios, os benefícios são ainda maiores. Varrer a poeira faz com que todo o pó fique suspenso no ar, se espalhando pelo ambiente – o que é evitado com o aspirador.

5. Retire o pó das superfícies antes de limpar o chão

Essa é uma dica básica, mas que é sinônimo de muito mais eficiência! Ao invés de varrer/aspirar o chão e depois tirar todo o pó dos móveis e superfícies, faça o movimento contrário. 

O processo de limpar o pó, afinal, faz com que muita sujeira caia no chão, o que é contraprodutivo se você só se dedicar à atividade depois que o chão estiver limpinho. Primeiro, retire toda a poeira com um pano úmido e só então parta para o aspirador ou a vassoura. Dessa forma, você evita que o pó de móveis e objetos permaneçam no ambiente até a próxima faxina (ou mesmo que você tenha trabalho em dobro!).

6. Use um spray antes de esfregar eletrodomésticos e superfícies

Limpar eletrodomésticos (como micro-ondas, fogão, geladeira e máquina de lavar) e outras superfícies – a exemplo de janelas, mesas, pias e azulejos – pode exigir muita “esfregação”. Antes de gastar um bom tempo e força na tarefa, a dica é borrifar um produto multiuso no local e deixar agir por alguns minutos. 

Enquanto o produto age, é claro que você pode (e deve) aproveitar seu tempo para limpar outra parte do cômodo. Depois do período de espera, é só pegar a bucha e ver como a sujeira sai com muito mais facilidade e rapidez!

7. Dica para a limpeza rápida de vidros: use detergente!

Box do banheiro, janelas, tampo do fogão: geralmente, o senso comum é usar produtos limpa-vidros para a limpeza dessas superfícies. Usar detergente, porém, é uma estratégia valiosa para limpar mais rápido e com mais eficácia. 

Embora o produto tenha sido desenvolvido para limpar restos de alimentos e óleo nas louças e panelas, ele se dá muito bem para higienizar profundamente outros objetos, incluindo os vidros. Dilua um pouco de detergente em um balde com água e parta para a faxina: como a substância é super eficiente para retirar gordura e resíduos de sujeira, o resultado será vidros brilhantes em pouco tempo.

Fonte :

Comentários

0 comentários