PF investiga compras emergenciais na gestão de Bruno Covas

Os crimes investigados são de fraude em licitação, associação criminosa e corrupção e peculato.

A Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta quinta-feira (6), uma operação para apurar supostas irregularidades na compra de aventais descartáveis para abastecer os hospitais gerenciados pela prefeitura de São Paulo.

A operação cumpriu seis mandados de busca e apreensão, incluindo na sede da Autarquia Hospitalar Municipal, informou a corporação em nota à imprensa, segundo o site Yahoo.

Identificadas com ajuda do Tribunal de Contas da União (TCU), as possíveis fraudes teriam sido feitas em contratações emergenciais realizadas com recursos federais destinados ao combate à pandemia de coronavírus.

As compras sem licitação somaram R$ 11,1 milhões, ainda de acordo com a PF.

A prefeitura da capital paulista e a Secretaria de Saúde do município não responderam imediatamente a pedidos de comentários.

Fonte :

Comentários

0 comentários